Page Authority: O que é e para que Serve | Rankme

Rankme

Especialistas em SEO

Entre em Contato Através do Whatsapp

Oi, Posso Ajudar?

Menu

Page Authority: O que é, Para que Serve e Como Aumentar

Dados do Autor e da Publicação


Todo Analista de SEO já entende a importância da otimização do Page Authority para melhorar a indexação orgânica nas SERPs.

Se você ainda não está familiarizado com esse termo, fique tranquilo! Ao final deste artigo você será capaz de compreender:


Antes de Começar

Caso tenha dúvidas, aprofunde seus conhecimentos em SEO, do básico ao avançado, e saiba tudo sobre cada termo técnico.


O Que é Page Authority

O Page Authority (PA) é um indicador que varia em uma escala de 1 a 100 e tem por objetivo estimar o quão relevante uma página é para os mecanismos de busca.

Para que Serve o PA e sua Importância

Quanto mais alta a autoridade de uma página, maior é a chance dela alcançar as primeiras posições nas SERPs.

Uma grande quantidade de páginas de qualidade melhora a autoridade do domínio, e quanto maior a autoridade do seu domínio, maiores serão as chances do seu site, e-commerce ou projeto web serem ranqueados melhor.

Como é Calculado o PA de uma Página

Apresentaremos abaixo as 3 principais ferramentas de mercado que analisam a autoridade de uma página. Cada ferramenta chama a métrica de uma forma diferente. Vamos a elas:

Page Authority do MOZ

Os principais resultados de busca apontam o MOZ como criador do termo mais popular entre os analistas de SEO para estimar a autoridade de uma página: o Page Authority ou PA.

É por isso que trabalhamos com esse termo em todo esse conteúdo.

Para determinar o Page Authority, o MOZ leva em consideração mais de 40 fatores diferentes, que vão desde a qualidade e quantidade de links e backlinks, até sinais sociais e de reconhecimento.

O MOZ disponibiliza de forma gratuita, mas restrita, a análise de DA, PA e outros indicadores através do Free Domain Authority Checker.

URL Rating do Ahrefs

O Ahrefs utiliza o URL Rating para definir a autoridade de uma página. Apesar de ser um termo semelhante ao PA do MOZ, sua documentação fala sobre uma análise mais aprofundada em relação a quantidade e qualidade dos links e backlinks. 

Quando falamos em qualidade dos backlinks, nos preocupamos principalmente com os links de spam e backlinks de PBN. Ambos podem ser considerados pelo Google e demais mecanismos de buscas como técnicas de Gray ou Black Hat. 

O Ahrefs é uma das melhores ferramentas para análise de links internos, backlinks e suas respectivas variações: dofollow, nofollow, sponsored e ugc. Talvez por isso o Ahrefs utilize como base da sua análise principalmente a profundidade e tipos de links referenciados para uma página/url.

O Ahrefs não disponibiliza uma ferramenta gratuita para análise do URL Rating, mas você pode conferir outros indicadores como o Domain Rating no Free SEO Tools.

Authority Score do SEMrush

O termo Authority Score, criado pelo SEMRush, estima que os 3 principais fatores de ranqueamento de uma página são: linkbuilding, tráfego orgânico e natural profile.

Apesar de ser considerada uma das melhores e mais completas ferramentas do mercado de SEO quando se trata de planejamento de palavras-chave e análise da concorrência, o SEMRush não é tão eficaz na contagem e classificação dos links quanto o Ahrefs e não possui uma correlação de indicadores tão refinada para análise e cruzamento de informações quanto o MOZ.

Talvez por isso não seja a melhor ferramenta para análise de autoridade de uma página ou domínio. 

O SEMrush não disponibiliza de forma gratuita uma ferramenta para análise do Authority Score, mas oferece outros indicadores através SEO Toolkit.

Como Melhorar o PA de uma Página na Web

Melhorar a autoridade de uma página exige um esforço considerável na otimização e manutenção dos 4 pilares do SEO.

Simplificando o SEO
  • Conteúdo: Criação e manutenção de um conteúdo autoritário e de excelência;
  • Autoridade: Construção de backlinks de qualidade com um trabalho de assessoria de imprensa orgânico e natural;
  • Tecnologia: Implantar e manter um projeto com base na acessibilidade, segurança e performance tanto a nível de servidor, quanto banco de dados e aplicação;
  • Experiência: Design projetado para melhorar a interação dos clientes e/ou usuários com os elementos de uma página.

Com base nos 4 pilares acima, detalhamos a seguir as principais formas de otimização dentro e fora de uma página, mais conhecidas como On-Page e Off-Page no SEO.

Otimizações On-Page

O SEO On-Page nada mais é do que realizar um processo de melhoria contínua dentro das páginas. Criamos um conteúdo completo sobre SEO On-Page caso você tenha interesse em conhecer detalhadamente cada uma das técnicas abaixo:

  • Estruturação do conteúdo: Organize a estrutura do conteúdo de acordo com o levantamento e planejamento das palavras-chave;
  • Conteúdo de alta qualidade: Produza um conteúdo original, relevante e de valor;
  • Conteúdo atualizado: Atualize sempre que necessário o conteúdo para mantê-lo relevante;
  • Títulos organizados: Utilize as principais palavras-chave nas heading tags da sua página <h1>, <h2>, <h3>,…;
  • Conteúdo duplicado externo: Crie conteúdos originais sem copiá-los de uma fonte externa;
  • Canonical: Utilize a tag canonical para referenciar conteúdos iguais ou similares dentro do seu domínio;
  • Otimização para voz: Otimize o conteúdo para pesquisa por voz;
  • HTML semântico: Dê significado a informação da forma correta no HTML, conforme os web standards definidos pela W3C. Por exemplo, utilize a tag para criar uma tabela e utilize a tag para uma lista de definição como esta que você está lendo agora;
  • Meta tag Title e Description: Crie meta tags com palavras-chave e que instiguem a curiosidade do usuário para melhorar o CTR nas SERPs;
  • URLs amigáveis: Defina a URL da página de acordo com a principal palavra-chave a ser ranqueada;
  • Imagens acessíveis: Use o alternative text (alt) para descrever a imagem, melhorando a acessibilidade da página;
  • Imagens otimizadas: Salve as imagens da maneira correta, utilize softwares de compressão e uma CDN para melhorar o tempo de carregamento nas páginas;
  • Links internos: Crie links de referência para outros conteúdos complementares dentro do seu domínio;
  • Links externos: Referencie páginas externas ao seu domínio e de confiança que tenham relação com o conteúdo abordado para fortalecer seus argumentos. Cuidado para não criar referências para páginas ou domínios com falhas de segurança;
  • Erros 404: Corrija os links quebrados e para os conteúdos que deixaram de existir com os redirecionamentos temporários (302) ou permanentes (301);
  • Sitemap: Garanta que todas as páginas que você tem interesse em indexar sejam incluídas no sitemap.xml;
  • Tempo de carregamento da página: Otimize a velocidade e o tempo de carregamento da página;
  • HTTPS / Certificado digital: Utilize o HTTPS, um protocolo de comunicação seguro, em todas as páginas do seu projeto;
  • Segurança: Garanta a segurança da aplicação, banco de dados e servidores;
  • Cache: Configure uma estrutura de cache na aplicação, branco de dados, servidores e CDN;
  • CDN: Utilize uma CDN (Content Deliver Network) que melhore a segurança e performance das páginas e do domínio;
  • Mobile First: Garanta que a página tenha uma experiência positiva nas versões mobile;
  • Experiência do Usuário (UX): Melhore a interação dos usuários criando um conteúdo rico, com imagens, ilustrações, vídeos e outras ferramentas que promovam interação como compartilhamento, enquetes, pesquisas e cadastro em formulários.

Otimizações Off-Page

O SEO Off-Page tem por objetivo criar referências externas que apontem e melhorem o Page Authority. Caso tenha interesse em entender esse conceito de forma mais aprofundada, acesse o conteúdo que fala exclusivamente sobre Off-Page. Listamos abaixo as principais formas de otimização:

  • Backlinks: Adquira backlinks de alta qualidade e relevância para sua página;
  • Guest posting: Escreva posts como convidado em sites do seu nicho e crie referências para as páginas que deseja melhorar a autoridade;
  • Redes sociais: Promova suas redes sociais e faça referências para páginas com conteúdo relacionado;
  • Postagens patrocinadas: Considere o uso de postagens patrocinadas em sites e redes sociais relacionadas ao seu conteúdo;
  • Fóruns: Participe de fóruns do seu nicho, fornecendo insights e links somente quando apropriado;
  • Vídeos: Crie conteúdo em plataformas de vídeo como o Youtube e compartilhe links referenciando suas páginas.

Quais são os impactos negativos de uma PA ruim?

O Page Authority baixo é um dos principais indicadores pelo qual uma página não consegue se posicionar bem nas SERPs. Quando uma URL está numa posição ruim, praticamente não é apresentada, fazendo com que a performance do tráfego orgânico seja prejudicada.

Poucas páginas com o PA ruim não são motivo para preocupação, mas quando muitas páginas possuem autoridade baixa, a tendência é que o Domain Authority (DA) também diminua, e isso prejudicará ainda mais a sua classificação nas SERPs. Pense numa espiral positiva x negativa. Quanto mais páginas otimizadas estiverem dentro do seu projeto, melhor será o DA. Quanto maior o seu DA, maior a facilidade de indexar novas páginas com conteúdo otimizado.

Manter uma análise constante sobre a autoridade das principais páginas do seu domínio é extremamente importante para garantir a saúde do seu projeto de SEO.

Page Authority vs Domain Authority: Principais Diferenças

É importante distinguir o Page Authority (PA) do Domain Authority (DA). Enquanto o PA foca na análise de uma página específica, o DA avalia a força do domínio.

Várias páginas com um PA alto tendem a aumentar o DA. Ambas as métricas são importantes e se complementam na análise e otimização de um projeto de SEO.

Conclusão

Entender o conceito de Page Authority é fundamental para qualquer profissional que deseja aprimorar seus conhecimentos em SEO.

Aplicar as estratégias certas auxiliam tanto na melhora da visibilidade das páginas quanto na autoridade e credibilidade do seu site, e-commerce, mídias sociais ou projeto web como um todo.

Esperamos que esta explicação sobre o Page Authority (PA) tenha sido esclarecedora!